/O Pop Art gaúcho de Milton Kurtz na Galeria Ecarta
Galeria Ecarta Milton Kurtz arte porto alegre

O Pop Art gaúcho de Milton Kurtz na Galeria Ecarta

O Pop Art gaúcho de Milton Kurtz na Galeria Ecarta
Seleção Galeria Ecarta Milton Kurtz

O artista Pop Art, gaúcho, natural de Santa Maria, Milton Kurtz, ganha importante exposição individual, com um seleção de sua produção influenciada pela publicidade, com um appeal de erotismo niilista, numa constante crítica à razão e ao status quo. Um retrato do still life, do American (ou Brazilian) Way of life.

Com traços fortes de ambiguidade e dualismo representados, numa reflexão relativa à sociedade de consumo e, num contexto de industrialização e da plasticidade do ser, e das relações de consumo, com uma visão existencialista e ácida.

traços fortes de ambiguidade e dualismo representados, numa reflexão relativa à sociedade de consumo

Os contrastes fortes de pictogramas ao desenho hiperrealista a traço monocromático, as proporções, o caricato, as padronagens de tecidos e embalagens, que se fundem ao cotidiano e à paisagem, são parte do universo imaginário do artista.

O Pop Art gaúcho de Milton Kurtz na Galeria Ecarta com todas suas nuances nesta exposição

 contrastes fortes de pictogramas ao desenho hiperrrealista a traço monocromático, as proporções, o caricato,

Com curadoria de Walter Karwatzki e Nicolas Beidacki, todos os trabalhos ganharam críticas contemporâneas, a partir de visões significativas de outros artistas e personalidades. Uma retroalimentação que busca preencher um vazio, um vácuo na crítica de arte regional, projetando um reconhecimento exponencial e justo à trajetória do artista.

Modelo de Rock Negro de 1985 é flagrado ao lado do trabalho

Detalhe para uma de nossas imagens, na qual o modelo à época, da obra “Rock Negro”, de 1985, é flagrado ao lado do trabalho, no dia da abertura da exposição, na Galeria Ecarta.

Artigo O Pop Art gaúcho de Milton Kurtz na Galeria Ecarta: Mais sobre arte no cytau aqui. Mais sobre Milton Kurtz aqui. Coberturas de outros sites: Roger Lerina e ArtSoul. Fotos por Daniel Wagner, obtidas no vernissage da exposição.

É certo que este artista merece o reconhecimento póstumo por sua relevância e frescor de sua produção, até nos tempos modernos. Uma pena sua exposição ter sido aberta logo antes da pandemia mundial do vírus covid-19. Torcemos para que, em breve, assim que seja possível para que isto ocorra em segurança em Porto Alegre, a exposição seja reaberta em tempo para que os apreciadores de arte possam conferir as obras, algumas delas nunca antes expostas antes, ao vivo e a cores, é claro, com muitas e muitas cores vibrantes.

ATUALIZAÇÃO Logo após a abertura da exposição, a pandemia do vírus Covid-19 ocasionou o isolamento social no mundo inteiro. Em virtude disto, a Galeria Ecarta disponibilizou a visita virtual à exposição, confira:

Matéria recente no Jornal Correio do Povo sobre o artista Milton Kurtz